João Pessoa
  • Acesse sua Conta
  • Cartões
  • Cobrança

Cooperativas de crédito são parceiras dos empresários

Com relacionamento próximo, taxas atrativas e serviços voltados às empresas, as cooperativas de crédito estão lado a lado dos empreendedores.

Quando o assunto é investir em um negócio, seja ele um pequeno comércio, uma startup ou até mesmo uma empresa de maior porte, é preciso contar com parceiros de qualidade. Quando se trata de finanças é ainda mais importante ter ao seu lado empresas que prezam pelo seu desenvolvimento e estão ao seu lado em cada fase do seu negócio. É aí que entram as cooperativas de crédito como uma opção inteligente e promissora. Por meio de um relacionamento próximo, elas conhecem seus associados pessoa jurídica, entendem seus objetivos e oferecem soluções adequadas. Como não visam lucro, mas sim o atendimento das reais necessidades de seus associados, as cooperativas conseguem oferecer taxas mais atrativas para as empresas.

O Sicredi, por exemplo, é a primeira instituição financeira cooperativa do Brasil e está em atividade há mais de cem anos. Com um modelo de gestão que valoriza a participação dos 3,7 milhões de associados, que também são donos do negócio, a instituição financeira está presente em 21 estados, 1.212 cidades, com mais de 1.500 agências. No seu portfólio são mais de 300 soluções, incluindo produtos e serviços voltados às empresas.

Os empreendedores contam com os mais variados tipos de serviços, desde uma conta corrente, que possui taxas diferenciadas, passando por linhas de crédito e capital de giro, antecipação de recebíveis, máquina de cartões, câmbio, consórcios, cartões, seguros, previdência, investimentos; além de soluções de pagamentos e recebimentos como cobrança e emissão de boletos.

Além do portfólio completo, o modelo cooperativo do Sicredi consegue entender melhor as necessidades dos empresários com um atendimento mais próximo, que valoriza o relacionamento e o aconselhamento sobre a melhor forma de gerenciar suas finanças. Atualmente 83% do perfil de associados empresariais do Sicredi é formado por micro ou pequenas e 17% de médias e grandes empresas, o que reforça o compromisso da instituição com este público.

Um modelo de negócio diferenciado

Além disso, o associado (como são chamados os correntistas da cooperativa) poderá receber parte do resultado da cooperativa a qual está vinculado de volta, num movimento conhecido como pagamento de dividendos e juros ao capital, ampliando o benefício financeiro para sua empresa. Por isso, concentrar as operações financeiras do seu negócio na cooperativa ajuda a aumentar esse benefício.

Fonte: g1.globo.com