Recife
  • Acesse sua Conta

Dúvidas

Qual a diferença entre a Sicredi e as demais instituições financeiras?
O atendimento personalizado da cooperativa é um dos seus diferenciais, assim como a distribuição dos resultados (lucro) entre os associados, ao final de cada exercício. No banco, o lucro é dos acionistas, não dos clientes. Na cooperativa de crédito, a gestão é participativa, todos os associados participam diretamente das decisões através de Assembleia Geral, onde cada sócio tem direito a um voto.

Como é formado o capital da Sicredi?
Ao ingressar na Sicredi, cada sócio integraliza cotas de capital, formando uma “reserva” em seu próprio nome. Essa “reserva” é corrigida com juros que acompanham a variação da taxa SELIC; é ela que forma o capital social da cooperativa, sua mais importante fonte de recursos. Além de demonstrar sua solidez, por ser a parte mais representativa do Patrimônio Líquido da instituição, o capital social é o que possibilita a viabilização de empréstimos aos associados.

O que fazer para solicitar empréstimos?
É determinação do Banco Central que todos os sócios da Sicredi mantenham seu cadastro sempre atualizado. Para isso, basta apresentar comprovantes de rendimentos e de bens que possam determinar seu crédito automático. Os dados fornecidos pelos associados serão usados como parâmetro para determinar o limite do seu cheque especial e para qualquer tipo de empréstimo.

Quem administra a Sicredi?
Qualquer associado pode fazer parte do Conselho de Administração, que é quem dirige a cooperativa, desde que seja eleito em Assembleia Geral Ordinária. As ações do Conselho de Administração são verificadas pelo Conselho Fiscal, também eleito em Assembleia. Seus membros acreditam nos valores éticos, de honestidade, responsabilidade social, transparência e preocupação com os demais.

Quais as vantagens de participar de uma cooperativa?
A Sicredi é muito mais que um banco. Aqui, o associado é dono, sendo assim, dispõe de vantagens como:

  • Atendimento personalizado
  • Horário de atendimento diferenciado
  • Taxas diferenciadas em aplicações e financiamentos
  • Menores tarifas de prestação de serviços
  • Retorno proporcional dos resultados
  • Gestão participativa
  • Juros de crédito mais baixos

Como é realizado o resgate do capital ao sair da cooperativa?
É creditado diretamente em uma conta corrente indicada pelo associado, no ano subsequente ao pedido, no valor total do saldo capital, após aprovação em Assembleia Geral Ordinária, com a correção da variação da taxa SELIC.

Quem fiscaliza a Sicredi?
É fiscalizada pelo Banco Central do Brasil, que exige o cumprimento rigoroso das normas de operações de crédito, apresentação de balancetes mensais e fiscaliza, periodicamente, o desempenho da instituição.