Salvador
  • Acesse sua Conta
  • Cartões
  • Cobrança

BC indica 2 técnicos para diretoria no lugar de Anthero Meirelles e Luiz Feltrim

Reuters

SÃO PAULO (Reuters) – O Banco Central indicou Maurício Costa de Moura e Paulo Sérgio Neves de Souza, servidores de carreira, para assumirem diretorias dentro da autoridade monetária, segundo despacho da Presidência da República publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira.

Paulo Souza, que é chefe do departamento de Supervisão Bancária desde agosto de 2015, foi indicado para substituir Anthero Meirelles na diretoria de Fiscalização. Souza é formado em Economia pela PUC de São Paulo e entrou no BC em 1998. Antes disso, trabalhou no Banco do Brasil.

Maurício Moura, atualmente chefe de gabinete do presidente do BC, Ilan Goldfajn, foi indicado para o lugar de Luiz Edson Feltrim na diretoria de Administração. Ele tem bacharel em Administração pela Universidade da Amazônia e é mestre na área pela Fea-USP, entrando no BC em 2003.

Os dois precisam ser sabatinados e aprovados pelo Congresso Nacional antes de assumirem as novas posições.

Também servidor de carreira do BC, Anthero é o mais longevo diretor da autarquia, com 10 anos no primeiro escalão, onde ocupou as diretorias de Administração (2007 a 2011), de Regulação (fevereiro a abril de 2015) e de Fiscalização (2011 a 2017), segundo nota do BC.

Feltrim, por sua vez, deixará o cargo após 5 anos na diretoria, onde ocupou a de Relacionamento Institucional e Cidadania (2012 a 2016) e de Administração (desde 2015).

Segundo o BC, os dois estão deixando as diretorias a pedido.